segunda-feira, 29 de abril de 2013

Voa


Voa


Aromas entrelaçados dançam esquivando-se por entre os espaços entreabertos das cores que os pintam. Param. Ficam. Em silêncio sorvendo. Nutrindo-se. Absorvendo. E logo seguem bailando por entre os grãos de areia que o chão banham.
Aromas que o paladar alcança com um toque cândido de delícia, reverberando pelo corpo em ondas lânguidas de paixão.
Os sons preenchem. Preenchem os espaços com o ar de tons intensos. Tocam cada célula qual piano desnudado, exposto, recebendo, aceitando, cantando o hino dos sentidos.
Fulgor. Fulgor intenso escala pelos meandros do sentir e tudo ganha infinitas dimensões por onde a criatividade se esquiva, brincando qual criança transbordante de riso.
O ar fresco entra pelos poros despertando as asas que delicadas se abrem, prontas para loucos voos pelos campos de água e céus de leve amar.
Voa. Voa. Nada te pode parar, doce anjo alado. Recorda-te. Sim. És tu.


segunda-feira, 22 de abril de 2013

domingo, 21 de abril de 2013

Co-operação... Equilíbrio


Co-operação... Equilíbrio


O meu  olhar desliza solto pelo vento que nas folhas se dissipa e logo aparece de novo no caule daquela flor. Um pássaro equilibra-se sobre o fio do telefone… e o vento empurra, brinca. Mas o pássaro, como a flor, sabe aceitar. Se as suas asas se abrirem, voará, certamente e saberá aproveitar o vento ao invés de lutar contra ele, como a flor, que verga sem deixar de ser flor.

O meu olhar desliza solto pelo vento que nas águas se embrulha, até que por momentos água e vento se confundem num só ondular. Parece forte, o vento, forte, a água. E é. E flui, nem um nem outro se resistem, tocam a mesma sinfonia.

O meu olhar desliza solto pelo vento e com ele vai desfrutando do bailado que à minha volta se desenrola com mágica sincronicidade. Cada elemento no seu próprio ritmo. E ao mesmo tempo, cada elemento em ritmo comum. Como um.

O meu olhar desliza solto pelo vento e vê. Elementos complementares. Únicos. Cooperantes. Inteiros. Equilíbrio.


sábado, 20 de abril de 2013

sexta-feira, 19 de abril de 2013

A Graceful Experience / Uma Experiência Graciosa

A Graceful Experience/ Uma Experiência Graciosa


I have a proposal for you :)

Before going to bed tonight, look at your life - all of it - and see what there is in it that gives you reason to celebrate. Look carefully and please don't leave out even the simplest things, like a warm bed or a tender hug from the ones you love or a comfortable chair, or even a soothing shower, or maybe even a fresh cup of water...

Then go to sleep. Enveloped in this immense feeling of gratitude. This candid hug of celebration.

When you wake up do the same thing, opening your eyes and your heart to all of that which makes you celebrate being alive. It could be the simple fact that you are alive! Or a warm feeling in your heart, or even just a comfortable stretch and yawn... mmmmm feels good. And thus embrace your day. In grateful celebration.

Wish you a graceful experience :)

****
Tenho uma proposta para ti :)

Hoje, antes de dormires, olha para a tua vida - toda ela - e vê o que ela contém que te dê razão para celebrares. Por favor olha com atenção, sem deixares de fora nem mesmo as coisas mais simples, como uma cama quentinha ou um abraço meigo, ou uma cadeira confortável, ou até um banho relaxante, ou talvez um copo de água fresca...

Depois dorme. Envolvido/a nesta imensa gratidão. Neste cândido regaço de celebração.

Quando acordares faz a mesma coisa. Abre os teus olhos e o teu coração a tudo o que te faz celebrar estares vivo/a. Poderia ser o simples facto de que estás vivo/a! Ou um calor doce no teu coração, ou até um espreguiçar gostoso seguido de um bocejo... mmmmm, sabe bem. E assim abraça o teu dia. Em grata celebração.

Desejo-te uma experiência graciosa :)






A Simple Smile


A Simple Smile


Yesterday I was driving to work, merrily appreciating each moment of it, just for the pleasure of driving, of being here, of being alive, of being.
I stopped at a zebra crossing for a lady and three small children to cross the road. One of them was a little blonde girl. She must have been about 3 years old. While she was passing in front of the car she turned to face me and smiled. This was a real smile, one of those smiles that comes from the depths of the soul, filled with a joy that bubbles from the heart. One of those smiles that lights up the world and makes you glow. This was an innocent smile of pure sharing. We looked each other in the eye, smiling back at each other in such a complete event of recognition and reverence, of total respect for each other. It was like a warm welcoming embrace in which we said “I see you” just with a simple, genuine smile.
Sharing this precious smile with this precious child was a treasure in my day, for its simplicity and completeness. So remember, sometimes it takes just a simple heartfelt smile to say “thank you life, and thank you fellow human, for being here on Earth with me right now. I love you, respect you, cherish you and see you for who you really are.”
It is “Namasté” in the most meaningful way, beyond the need for words.
A smile to you J I wish you a meaningful day.


quarta-feira, 17 de abril de 2013

O Amor VIVE-SE!

O Amor VIVE-SE!


Está escrito num muro algures em Sintra que " o amor precisa de ser reinventado".

Muito pelo contrário, diria, "o amor precisa de ser autorizado" e o único lugar onde essa autorização ocorre é dentro de cada um.

Só quando somos capazes de autorizar-nos a amar e aceitar tudo em nós sem julgamento é que podemos aceitar-nos em nós, e daí amar-nos... e consequentemente amar e aceitar os outros. Só aí é que nos é possível então integrar o que não nos serve mais. Não pela rejeição, mas pela aceitação, integração e nova escolha de ser. Só aí é que as faces do Medo - o reverso da moeda do Amor - se vão dissipando nesse vasto lago de quem realmente somos.

E por mais que possa parecer que é o outro que nos provoca determinadas sensações, elas só ocorrem em nós por encontrarem reflexo. Se não houver igual emoção ou sensação em nós, ela não pode fazer-se sentir em virtude do outro. Ou seja, és tu que permites o Amor em ti, da mesma forma que permites o medo, a ira, a mágoa ou seja o que for. Sendo que a permissão de Amar remove as barreiras internas e a permissão de Temer ergue-as. É essa a grande diferença. Reinventa-te e o Amor reinventar-se-à a si mesmo, momento a momento.

Digo então meus amigos que "O AMOR NÃO SE INVENTA - VIVE-SE!!!"

E Viva o Amor... O reverso da moeda do Medo ;)




domingo, 14 de abril de 2013

A Magia de Ser Humano


A Magia de Ser Humano


Sempre que te ocorrer que algo é impossível ou que gostarias de mudar algo na tua vida mas não dá porque é assim que as coisas são porque tem que ser, sorri! Sim. Sorri :)

Sorri porque tudo é possível neste grandioso planeta tão vasto e tão pequeno ao mesmo tempo.
Sorri porque se tu realmente quiseres mudar algo, mudarás, escolhendo de novo. Nada na Vida é fixo, mesmo o que parece!

Cada vez que olho à minha volta vejo isso. Vejo que tudo é possível. Vejo potenciais infinitos. Vejo a magnífica capacidade criativa dos seres humanos – para o que se designa de “bem” ou de “mal”, é certo, mas não deixa de ser uma magnífica capacidade criativa. Vejo que todos têm em si a centelha da sua Essência e por mais “adormecidos” que estejam, quando realmente lhes apetece, despertam. Vejo capacidades inexplicáveis e inúmeros caminhos. Vejo que a minha realidade tem muito pouco a ver com a realidade da consciência de massas ainda que vivamos no mesmo planeta. Vejo que o que escolho com toda a Paixão do meu Ser se materializa de forma simples e fluida, mesmo quando parece irrealizável. Vejo pessoas, muitas pessoas a viverem vidas completamente diferentes umas das outras. Vejo que quando o crer e o querer se unem nada pode impedir o acontecer. Vejo e sorrio. Porque sei que tudo é possível.
Há gente que vive em casas alugadas, outras compradas, mas também há gente que vive em tendas, em caravanas, em tipis, em cabanas, em casas ao redor do mundo que pertencem a outras pessoas e nas quais ficam sem pagar renda em troca de tomarem conta da casa. Há gente que vive na rua por opção. Há gente que vive em tantos lugares e de tantas formas diferentes que realmente nada tem que ser se não se quiser que assim seja.

Há gente que vive sem dinheiro por opção. Há gente que viaja ao redor do mundo com tudo pago em troca dos seus serviços por exemplo fotográficos, ou literários, ou humanitários… Há tantas, tantas variações… Há gente que tem emprego fixo. Há quem não tem, por opção. Há gente que vive de espetáculos de rua, outros de espetáculos itinerantes. Há gente que vive de rendimentos gerados pela internet, outros de dividendos bancários. Há gente que vive do jogo. Há gente que vive em mosteiros, ashrams, conventos e afins.

Há gente que vive sem comer, por opção. Há gente que vive sem comer e beber, por opção. Sim. É possível viver apenas da energia – do ar, do sol, da vibração da natureza, do amor da Essência dentro de cada um. São os chamados respiratorianos ou pranarianos. Outros os solarianos. Alguns vivem só com água – os aquarianos. Estas pessoas pouco dormem também pois que a metabolização da comida é um dos fatores que promove o sono. Por outro lado, estão 100% Presentes no seu corpo vivem de forma serena, praticando muito exercício e desfrutando da vida em plenitude. Sim, até praticam exercício! E não são esqueléticos. E não vivem na escassez.

Há gente que caminha sobre brasas incandescentes sem se queimar e que brinca com o fogo, aliás, de muitas formas diferentes, sem se queimar. Há gente que levita. Há gente que faz mover objetos com a sua energia magnética psíquica. Há gente que consegue regenerar membros amputados e curar-se de toda a espécie de maleitas das formas mais inacreditáveis. Há gente que recupera de comas supostamente irrecuperáveis e de paralisias supostamente irreversíveis, de doenças supostamente incuráveis…
Há gente que cria os aparelhos mais inimagináveis, os conceitos mais ousados e as tendências mais extraordinárias, provando claramente que o impossível se torna possível.

Há gente que quebra recordes em tantos desportos diferentes que teria que escrever muito para mencioná-los a todos. Há gente com uma força tal que consegue levantar um camião ou puxar um avião. Há gente que aguenta sem respirar durante mais minutos do que seria possível e gente que sai de acidentes impossíveis ilesa.

Há gente que descobre coisas incríveis nesses laboratórios ao redor do mundo.

E nas Artes? Há gente que cria coisas indescritíveis, quer seja com a sua voz, ou com o seu movimento, ou com tintas, ou com pedra, ou com ouro ou outros metais, ou seja o que for.

Gente. Pessoas. Cerca de 7 biliões de pessoas. E inúmeras formas de viver. Podia continuar e continuar porque é absolutamente ilimitada a forma como os Seres Humanos materializam as suas vidas na Terra. Mas parece-me que estes pequenos exemplos chegam para perceber que tudo é possível.

Ainda achas que há impossíveis?



Informação InPassion e ReamaHara


Informação InPassion e ReamaHara 


Caro/a leitor/a,

Nesta Primavera, que o Sol brilhe intensamente dentro de ti, conforme a chuva rega os teus jardins.
Que as sementes brotem os teus mais preciosos sonhos conforme o Céu convida a Terra a bailar… conforme a Terra recebe o Céu no seu útero e toda a Vida renasce.

Um abraço e bem haja a todos vós :)

***************************

Próximos Eventos ReamaHara:

Concertos Meditativos Intuitivos de Respiração Consciente precedidos de Palestra e Workshops ReamaHara – Reamar o SER:

20 de Abril – Holy Space (Santarém), 16h00 às 17h30 – Tema: Abundância

20 de Abril – ZED Florals dos Capuchos (Leiria), 21h00 às 22h30 – Tema: Equilíbrio

27 de Abril – Casa Raiz Guest House (Avecasta), 21h00 às 22h30 – Tema: A Dança dos Elementos (Evento inserido no Retiro Em Abril Flores Mil – Ama a Natureza. Este Retiro decorre de 25 de Abril a 1 de Maio e pode inscrever-se para um ou vários dias com alojamento, refeições e atividades incluídas ou apenas em atividades. Por favor consulte o site www.casaraizavecasta.com para mais informações. A participação no Concerto não implica a participação no Retiro. Há mais atividades em que poderá participar sem estar inscrito no retiro. Se quiser fazer a aula de Yoga antes do Jantar, Jantar e depois assistir à Palestra e Concerto ReamaHara também pode inscrever-se para tal. As informações estão todas no site da Casa Raiz ou pode também contactar-nos. Obrigada)

4 de Maio – Espaço Essência (Torres Novas), 21h00 às 22h30 – Tema: Amor

11 de Maio – Clínica Equilibrium (Caldas da Rainha), 20h30 às 22h00 – Tema: Equilíbrio

12 de Maio – ZED Florals dos Capuchos (Leiria), 10h00 às 18h00 – Workshop ReamaHara – Reamar o SER (Ver programa do Workshop no botão InPassion People em www.inpassioncoaching.com)

17 de Maio – Quinta da Calma (Almancil), 21h00 às 22h30 – Apresentação do CD Simbiose e Livros InPassion (Evento inserido no programa “Fim de Semana da Abundância”. Para mais informações por favor contacte-nos. Obrigada)

1 de Junho – Estrela D’Alma (Abrantes), 21h00 às 22h30 – Tema: A Inocente Alegria da Criança Interior

2 de Junho – Capela da Casa do Monte (Alverangel – Albufeira do Castelo de Bode), 11h00 às 12h30 – Tema: Serenidade (a seguir piquenique de convívio e partilha junto à piscina e albufeira)

14 de Julho – Clínica Equilibrium (Caldas da Rainha), 10h00 às 18h00 – Workshop ReamaHara – Reamar o SER (Ver programa do Workshop no botão InPassion People em www.inpassioncoaching.com )

·        Outros eventos ReamaHara a anunciar brevemente. Por favor consulte periodicamente a Agenda no site www.inpassioncoaching.com)

NOTA: É necessária inscrição prévia para todos os eventos. Para mais informações por favor contacte-nos. Telefone: 917369951.
*************

Workshops e Encontros Vivenciais InPassion:

28  de Abril – Casa Raiz (Avecasta), 17h30 às 20h00 – Workshop InPassion Sessões de Abundância com o Tema: Os Elementos e a Materialização… em Abundância. (Este evento está inserido no programa Retiro Em Abril Flores Mil – Ama a Natureza cujo programa pode consultar em www.casaraizavecasta.com. Pode no entanto participar apenas neste ou em qualquer dos eventos individualmente. Se pretender jantar após o workshop faça por favor a sua pré-reserva para o jantar. Para mais informações por favor contacte-nos. Obrigada)

11 de Maio – Jardim da Barquinha (Barquinha), 10h30 às 13h00 – Workshop InPassion Sessões de Abundância com o Tema: A Energia do Dinheiro e a Abundância (Seguido de piquenique de partilha e convívio. Se as condições atmosféricas não permitirem o evento ao ar livre será em recinto fechado com piquenique à mesma J )

17 de Maio – Quinta da Calma (Almancil, Algarve), 21h00 às 22h30 – Lançamento dos Livros InPassion e CD Simbiose dos ReamaHara com Sessão de Respiração Consciente sobre o Tema: Abundância incluída.
18 de Maio – Quinta da Calma (Almancil, Algarve) 10h00 às 18h00 – Workshop Fluxo da Abundância com oferta do Manual Fluxo da Abundância e almoço incluído (mais sobre o workshop e detalhes para inscrição em www.inpassioncoaching.com – botão InPassion People. Há possibilidade de alojamento na Quinta da Calma.)

9 de Junho – Mata dos 7 Montes (Tomar), 10h30 às 13h – Workshop InPassion Sessões de Abundância com o Tema: Paixão pela Vida… em Abundância (seguido de piquenique de partilha e convívio)

6, 7 e 8 de Julho – Quinta das Murtas (Sintra) Workshop Residencial InPassion Com…Paixão – Des-cobre a tua Paixão (mais informação em Agenda no site www.inpassioncoaching.com. Nota: este workshop tem uma lotação limitada que está quase esgotada. Neste momento há apenas duas vagas. Se estiver interessado/a em participar inscreva-se atempadamente)

13 de Julho Dornes (junto ao rio Zêzere), 10h30 às 13h – Workshop InPassion Sessões de Abundância com o Tema: Os Tesouros da Essência… em Abundância (seguido de piquenique de partilha e convívio)

Nota: É necessária inscrição prévia para todos os eventos mencionados. Por favor contacte-nos para obter mais informações e/ou inscrever-se: 9173689951.
*****************

Em Agosto programas de Férias InPassion Kids e Teens. Mais informação no próximo mailing e em Agenda no site InPassion.

******************

Há apenas mais dois encontros vivenciais para além do que ocorre na Quinta das Murtas. São eles o Mente e Alma…no meu Corpo em Dornes (Vila Gaia) nos dias 6, 7 e 8 de Setembro e o Simbiose na praia da Foz do Arelho a 1, 2 e 3 de Novembro. Mais informações no site InPassion em Agenda e em InPassion People. Todos estes eventos têm lotação limitada, bem como possibilidade de pagamento faseado. Inscreva-se atempadamente e garanta o seu lugar para um fim de semana bem diferente, revigorante e transformador.

Nota: não adequado para quem está satisfeito com uma vida mais ou menos J

*****************************

Saudações Criativas
Tânia Castilho e InPassion Team


Overcoming Shame - BEING Courage!!!

Overcoming Shame - BEING Courage!!!


Brené Brown - Listening to Shame


http://www.youtube.com/watch?v=psN1DORYYV0


Joblessness or Grace?

Joblessness or Grace? 


Eckhart Tolle on Facing Challenges, namely how to keep sane in a period of Joblessness. Enjoy :)

https://www.youtube.com/watch?v=KQJnf9iassU&feature=youtu.be


sexta-feira, 12 de abril de 2013

Pensar Positivo?... Ou SER POSITIVO?


Pensar Positivo?... Ou SER POSITIVO?


Amigos, cá estou de novo. Muito se fala sobre o pensamento positivo, sobre como pode transformar as nossas vidas, sobre como nos beneficia a saúde pensar positivo, sobre como muda o ambiente à nossa volta… Enfim, um verdadeiro elixir de vida, o pensamento positivo.
Até aqui completamente de acordo.
Mas até que ponto é que sobrepor pensamentos positivos a pensamentos negativos realmente funciona?
Partilho o meu ponto de vista e experiência pessoal nesta matéria, fruto do meu trabalho de Integração quer a nível pessoal, que com todos aqueles com quem tenho trabalhado ao longo dos anos a nível individual e colectivo.
Tanto quanto sei, quando se cobre uma mesa com uma toalha a mesa continua a ser uma mesa e a toalha, uma toalha. O mesmo se passa quando se enterra qualquer coisa não biodegradável. Debaixo da Terra a coisa continua lá indefinidamente. Apenas não se vê. É como a mesa. E a mesa, por exemplo, ainda que não se veja, continua a servir o seu propósito de mesa.
Onde é que quero chegar com esta conversa de mesas e coisas enterradas? É que não vale a pena tapar o sol com a peneira. Nada muda, apenas parece. E o que parece não é. É ilusório, fictício e irreal.
O mesmo se passa com a técnica de substituir pensamentos negativos por positivos, assim como quem cobre a mesa com uma toalha. Fica mais bonitinha, mas continua a ser uma mesa!!! Os pensamentos negativos também ficam mais bonitinhos, mas debaixo dos positivos continuam a ser o que são: pensamentos negativos. De que vale forçares-te a pensar positivo se não acreditas realmente que assim é?
Ok. Não estou a deitar por terra a eficácia da hipnose e da programação mental. Aliás, funciona tão bem que viemos a acreditar num monte de coisas que nem sequer questionamos. Todos nós sem exceção. Verdades feitas que “toda a gente sabe que são assim”, coisas que nos ensinaram que são assim “porque são assim” etc etc. A consciência de massas é isto mesmo: um grande caldo de programação mental e hipnose comum. Por isso funciona, sim, e muito bem!
A minha questão é, afinal quem é que manda na tua vida, nos teus pensamentos, nas tuas crenças, nos teus valores, em quem és?
É que sobrepor pensamentos positivos aos negativos não passa de mais do mesmo. Estás a fazê-lo porque te disseram que é bom assim, que funciona, que vai mudar a tua vida… É um processo de auto-hipnose.
Mas… e TU? Em que é que TU acreditas? O que é que TE serve? O que é que TU escolhes?
E se de cada vez que tens um pensamento negativo olhasses para ele e te questionasses que propósito serve na tua vida presente? Se ainda necessitas dele? Se poderias viver sem ele? Se o olhasses de frente, aceitasses que lá está e definisses por ti mesmo/a que já não te serve por este ou aquele motivo? Se em seguida o convidasses a diluir-se na tua Consciência Expandida, na tua Essência, diria – no lago de quem REALMENTE ÉS?
O que é que acontece depois disso? O pensamento e respetivo aspeto da tua personalidade que cria tal pensamento desapareceu, foi-se, eclipsou-se, não existe mais. Nesse caso não é preciso sobrepor-lhe nada. Apenas fica mais e mais espaço vago para seres realmente positivo/a, à medida que vais tomando consciência de ti e fazendo escolhas claras sobre que crenças te servem e não servem, que padrões te servem e não servem, que hábitos te servem e não servem, que ideais te servem e não servem…
De início dá mais trabalho, é certo. Mas requer menos esforço, com toda a certeza. Porque não estás a varrer o lixo para debaixo do tapete da positividade, estás a aspirá-lo para o teu vasto contentor de reciclagem interna e a tomar as rédeas de tudo em ti e a entregar-te mais e mais à tua Essência. Esta, por seu lado, sabe naturalmente o que é ser positivo/a, sem ter que pensar sobre o assunto. É algo natural. Não requer moralidade. Requer mesmo é autenticidade… e coragem para olhar de frente o “monstro papão” da negatividade. Não morde, nem te pode destruir. Afinal de contas são só pensamentos, crenças, programações… tuas! E eventualmente de toda a sociedade onde habitas e foste criado/a.
E depois aquela conversa de que o Universo não entende o “não” e por isso não se pode dizer “não”… Desculpem-me a franqueza, mas sejamos conscientes! Não importa tanto o que dizes, como aquilo em que acreditas!!! É certo que viver plenamente requer um amplo SIM à VIDA. É isso que se quer dizer com “o Universo não entende o “não” “. Não quer dizer que não uses a palavra “não” e te corrijas constantemente quando a pensas ou proferes!!! Quer dizer que olhes para o que negas na tua vida, para o que não deixas que se manifeste na tua vida, para o que não te permites receber, ser, amar!!! Não basta deixares de usar a palavra “não” e pronto, ficas positivo/a e tudo acontece de forma perfeita e positiva. Trata-se de por exemplo escolheres o que queres em vez de estares sempre a ver o que não queres. De seres o que és em vez de te estares a julgar pelo que não queres ser e assim sucessivamente. O não não tem a culpa de nada. O estado de negação interna é que inibe o fluxo natural da Abundância na tua vida. Por isso sugiro que deixes o não em paz e olhes para o que negas em vez :) Ah! O não até respira de alívio! Afinal não era o mau da fita! Hehe
Pensar positivo é algo que surge naturalmente à medida que vais integrando e diluindo a negatividade. Isto é, se o que realmente queres é ser positivo/a. Porque na verdade podes estar a pensar que é isso que queres porque se diz que é bom mas não ter ainda olhado para isso com muito afinco :)
Só mais um à parte. Quando se escolhe realmente diluir a negatividade escolhe-se sair dos padrões de drama e vítima. Há que decidir se é isso mesmo que queres para ti: viver sem dramas. Nunca mais ser a vítima. Enfim, olha para isso e decide :)




quinta-feira, 11 de abril de 2013

A Magia do Coração / The Magic of the Heart


A Magia do Coração / The Magic of the Heart


Hoje convido-te a seguires 100% o teu coração… sem mas nem talvez. Sem condições, expetativas ou limitações.
O que é que o teu coração te convida a vivenciar e expressar hoje? Sem pensar… Sim, é isso mesmo. Sem pensar. Apenas sentir. Sente e segue esse sentir a 100%. Depois delicia-te com o resultado. Sem hesitações! Sente, segue, experiencia, desfruta! Simples.
És capaz de te oferecer esse belo presente de Amor?
Será que te apetece dançar aí mesmo onde estás, na rua ou em qualquer lugar? Será que te apetece dizer a alguém o quanto amas essa pessoa e ainda não tinhas tido coragem para o fazer? Será que te apetece dar um abraço sentido a alguém? Será que te apetece cantar? Será que te apetece brincar? Será que te apetece comer uma refeição deliciosa? Será que te apetece ficar em silêncio? Será que te apetece celebrar a vida com alguém? Será que te apetece dar um belo passeio num lugar que amas? Será que te apetece… ora vê lá o que o teu coração te sussurra e permite-te receber isso mesmo, dando-te por inteiro a esse sentir.
Vá… o teu coração já vai lá à frente e o caminho está aberto! Por que esperas? :)

Terno Abraço



Today I invite you to follow your heart 100%... with no ifs or buts. With no conditions, expectations or limitations.
What does your heart invite you to live and express today? Don’t think… Yes, that’s it. Without thinking. Just feel. Feel and follow your feeling 100%. Then revel in the result. Without any hesitation at all! Feel, follow your feeling, experience and enjoy! Simple.
Can you give yourself this beautiful gift of Love?
Do you feel like dancing right there where you are, in the street or wherever you may be? Do you feel like telling someone how much you love him/her and you still hadn’t had enough courage to do so? Do you feel like singing? Do you feel like playing? Do you feel like eating a delicious meal? Do you feel like being in silence? Do you feel like celebrating life with someone? Do you feel like going for a wonderful walk in a place you love? Do you feel like… feel what your heart is whispering to you and allow yourself to receive it, giving yourself entirely to that feeling.
Go on! Your heart is already way ahead of you and the path is free and open! What are you waiting for?
Sweet Hug

terça-feira, 2 de abril de 2013