sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 17

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida quando...

...com um simples sorriso consegues mudar o dia de muita gente :)


quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Para Recordar...

Aqui fica o texto 100 deste blogue, escrito no dia 21/04/2013 :)

Co-operação… Equilíbrio


O meu  olhar desliza solto pelo vento que nas folhas se dissipa e logo aparece de novo no caule daquela flor. Um pássaro equilibra-se sobre o fio do telefone… e o vento empurra, brinca. Mas o pássaro, como a flor, sabe aceitar. Se as suas asas se abrirem, voará, certamente e saberá aproveitar o vento ao invés de lutar contra ele, como a flor, que verga sem deixar de ser flor.
O meu olhar desliza solto pelo vento que nas águas se embrulha, até que por momentos água e vento se confundem num só ondular. Parece forte, o vento, forte, a água. E é. E flui, nem um nem outro se resistem, tocam a mesma sinfonia.
O meu olhar desliza solto pelo vento e com ele vai desfrutando do bailado que à minha volta se desenrola com mágica sincronicidade. Cada elemento no seu próprio ritmo. E ao mesmo tempo, cada elemento em ritmo comum. Como um.

O meu olhar desliza solto pelo vento e vê. Elementos complementares. Únicos. Cooperantes. Inteiros. Equilíbrio.


A Magia da Vida 16

Sabes que estás em sintonia com a Magia da Vida...

... quando percebes que tudo neste mundo é relativo e passageiro. Apenas o Ser perdura para lá do espaço e do tempo, para lá das opiniões e situações. Nada mais realmente importa :)



quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 15

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando não compras salada e nesse mesmo dia te oferecem não só salada, como ovos, fruta e...o jantar J


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

The Powerless Path / Livre de Poder

In the sequence of this month's Trust and BE InPassion Session, here are some hints and reflexions.

The plight for Power is the antithesis of Isness. Thus, the path of Awareness inevitably leads to letting go of elusive Power games. In human interaction they come in all shapes and flavours. My first invitation to you, today, if you are wholeheartedly committed to coming to terms with the One that you Are, is:
With notebook and pen as companions, ask yourself “What are my Power games? In what ways does this come up in my life?”… and note it all down, without judging whether what comes up is logical or not.
Notice that oftentimes this comes up through others or even through what interests you, so it is much deeper and more far reaching than just about what you do. Also, the Mind will tend to sabotage this exercise so if you come to a knot, where it seems impossible to respond any further or even to understand the question, stop, take a deep breath, leave the exercise for a while and return to it later on. On the other hand, it is not something that becomes immediately totally clear. It requires diving into repeatedly, in order to unfold the issue gradually and letting yourself feel it rather than think about it, over the course of a few days.
Having opened up this Pandora Box and genuinely choosing to let go of these Power patterns, life becomes infinitely simple – like the Essence that we Are truly Is.
Then it boils down to:
*Make your heartfelt choices, by feeling what they really are.
*Be coherent with these choices, taking care of your thoughts, words and actions.
*Let life come to you, because it is this simple: it all comes to you (in the same way that Time/Space moves through YOU - the Conscious Stillness that is at your Core –everything passes through your existence according to what you are allowing in your Reality Landscape, therefore, according to your choices… or lack of them.
Just a handy hint: the Heart’s (Being) choices always bring harmony and sweet, silent balance. The Mind’s (Ego/ Personality) choices bring up uncertainty and unrest, constant seeking and questioning. Well, then again, the Heart’s choices sometimes create volcanic eruptions inside, but this happens only when the Heart’s choice is not what the Mind wants and whenever we do not trust the Heart and doubt which choice to follow: Isness or Personality?



***
Na sequência da sessão InPassion deste mês Confia e Sê, aqui ficam algumas reflexões e dicas. 

A busca de Poder é a antítese de Ser. O caminho da Consciência leva, pois, inevitavelmente, a que os jogos ilusórios de Poder sejam deixados de lado. Na interção humana estes jogos assumem todas as formas e aromas. O meu primeiro convite para ti hoje, se estás realmente empenhad@ em harmonizares-te com Quem Realmente És, é:
Com uma caneta e um bloco de notas como acompanhantes, pergunta-te “Quais são os meus jogos de Poder? De que forma é que isto se apresenta na minha vida?”… e vai tomando nota de tudo o que surja, sem julgares se é ou não lógico o que te surge.
Repara que frequentemente estes mecanismos manifestam-se através dos outros ou até através dos teus interesses, por isso é muito mais profundo e tem consequências muito mais amplas do que apenas o que fazes. Por outro lado, a Mente tenderá a sabotar este exercício por isso se chegares a um entroncamento, onde parece impossível continuar a responder às questões ou até mesmo compreendê-las, para, respira fundo e deixa o exercício por algum tempo, voltando a ele de novo mais tarde. Também não é algo que se torne imediatamente claro. É necessário mergulhar repetidamente neste mar de jogos para que se torne mais claro gradualmente. Permite-te sentir tudo isto em vez de pensar sobre o assunto, e fá-lo ao longo de vários dias.
Tendo aberto esta caixa de Pandora, e escolhendo genuinamente largar estes padrões de Poder, a vida torna-se absolutamente simples – tal como É a Essência de quem Realmente Somos.
Depois tudo se resume a isto:
*Faz as tuas escolhas de coração pleno, sentindo o que realmente são.
*Sê coerente com estas escolhas, cuidando dos teus pensamentos, palavras e ações.
*Deixa que a vida venha até ti, porque é mesmo assim tão simples: tudo vem até ti (da mesma forma que o Tempo/Espaço se movem através de TI – a Quietude Consciente que reside no teu Âmago – tudo passa através da tua existência de acordo com o que estás a permitir na tua Realidade, ou seja, de acordo com as tuas escolhas… ou falta delas.

Só uma dica: as escolhas do Coração (do Ser), trazem sempre harmonia e equilíbrio doce e silencioso. As da Mente (Ego/ Personalidade) geram incerteza e inquietude, busca contínua e questionamento. Bem, as escolhas do Coração por vezes também criam erupções vulcânicas cá dentro, mas isso ocorre sempre que a escolha do Coração não é o que a Mente quer e sempre que nós não estamos confiantes nessa escolha e ficamos na dúvida sobre o que seguir: O Coração (Ser) ou a Mente?




segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 14

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando numa hora de conversa simples e descomprometida consegues dizer o que outra pessoa precisava de ouvir para mudar de rumo e ficar mais feliz J

sábado, 23 de janeiro de 2016

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 13

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando alguém tem uma atitude menos correta contigo e passados alguns minutos vem ter contigo e te pede desculpa com um sorriso J

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 12

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando estás a precisar de descansar e te ligam a cancelar todo o trabalho marcado para esse dia J

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Care on your way

In this fast paced world it is amazing how just a few seconds of our time can be so meaningful, and in the simplest possible ways.
I was driving down the road, almost at a zebra crossing and instead of speeding forth I paused so that the person approaching the crossing could have time to arrive and cross. It took me just a few seconds. In exchange I received a beaming smile and a thank you, thus making me smile as well.

What struck me was the warm result of just a few moments of caring, in which this person felt she was worth waiting for whilst I was just being who I am, calmly going about my day with no rush, knowing that being present each moment gives me extra time to enjoy a simple smile J


A Magia da Vida 11

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando te apetecem cerejas e chegas ao trabalho e uma amiga te deixou uma caixa de 3 kg como presente J


terça-feira, 19 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 10

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando vais comer um gelado com os amigos e na hora de pagar te dizem que já estão pagos. Alguém amigo de alguém decidiu fazer-vos uma surpresa J


A Magia da Vida 9

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando chegas ao parquímetro e te oferecem um tiquet porque tiraram um a mais J


segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 8

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando chegas à caixa do supermercado e a pessoa à tua frente insiste contigo para que passes primeiro, ainda que tenhas mais que uma coisa na mão J



domingo, 17 de janeiro de 2016

Magic Days... Day in and Day out

Magic Days... Day in and Day out


There comes a time in the path of awareness that the scales definitely tip towards an endless succession of magical days. They can be magic just because you feel intensely passionate, aware, or even silent and serene or they can be filled with simple situations that might otherwise have been complex, sweet people that are a pleasure to be with, loving gestures that come out of nowhere just to bless your day in the same way you do this to others without even noticing it, just because you’re Present.
Though this is absolutely true, whilst living amongst human beings, going about chores and activities which involve others, sharing your time and attention with family, friends and co-workers, there will always be some days that seem not so magical… though in the end they actually come to be since the speed of resolution is at full throttle and the power of conscious choice works its way through anything, as well as the fact that awareness puts things under new light, stilling the mind with the heart’s balancing smoothness.
All of this to say that it does pay off to do what needs to be done in order to clean up the emotional bank of obsolete memories and to finally surrender to Isness, instead of trying to hold onto our stubborn human notion of how to deal with life. Though in a constantly new way, the Essence of who we Are, God within us, always knows what to do (or to do nothing at all), lest we be capable of letting go of control.
We have come here to eventually remember that we are God also. The sooner we let ourselves Be this, the more magical the whole of existence becomes.

Then again… it is never too late or early since time is inexistent. 


A Magia da Vida 7

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida…

… quando estás na fila para um concerto e um segurança vem ter contigo para que comecem a entrar por uma nova porta para despachar a fila J


sábado, 16 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 6

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida quando...
... sem pedires nada alguém te faz uma surpresa e te oferece exatamente aquilo de que precisavas :)


sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 5

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida...

... quando chegas a casa e tens o almoço preparado exatamente com o que tinhas pensado que gostarias de comer e depois te convidam para jantar simplesmente porque sim :)


quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Simples, Simples, Simples

Sabes uma coisa? É tudo tão simples que parece impossível que se complique tanto :)

A Magia da Vida 4

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida quando...

num dia nebulado chegas à praia e o céu se abre, mostrando os ternos raios do sol que vêm dar-te as boas vindas.


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Coração grato / A grateful heart



A Magia da Vida 3

Sabes que estás em sintonia com a Magia da Vida quando...

... o teu carro está cheio de pétalas de flores pela manhã... encontras estacionamento mesmo junto do lugar onde queres ir e chegas ao parquímetro e está uma moeda de 50 cêntimos na ranhura. Mesmo o valor necessário para ti :)



terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Stay here

"The best is yet to come..."


Every time I hear this statement my heart says "the best is right here, wherever you Are, now, no matter what you are living". Living in a daze of "tomorrow will be a better day" stops us from seeing the potentials here today, keeps us from choosing differently now because later it might (just might) be better, hides the precious teaching in each experience, be it whatever it is, perpetuates a state of constant need for more and creates repetitive impatience - a frustrated expectation that things should somehow be different from what they are, never truly acknowledging our own responsibility in changing the way we see each situation, rather than the situation itself.

When living in "the best is yet to come" mode, chances are that "the best" actually finds its way into our reality but slips by totally unnoticed, while we're waiting for something else... not knowing what, though. So it would be good to stop and ask: what is "the best that is yet to come?"

There is much more to reality than our immediate perception offers, but if we keep on diving into tomorrow without living today we constantly miss out on the pure grace of life, on its blessings and on the opportunity to fill our hearts with gratitude, sweet and simple Gratitude for each breath we take.

When we are going through a rough spot on our path, I understand that it might be somehow reassuring to believe that "the best is yet to come", but it cannot possibly come if today's issues remain unresolved in a foggy uncertainty of each event's purpose and, even more importantly, of how it came to be and what our conscious choice is, moment to moment. The faster we land fully in our present reality, the faster we can verify whether it corresponds to our heart's true wisdom (if we want to follow it, of course) and whether we are willing to do what needs to be done in order to change whatever needs to be changed, even if it is just our perspective that needs changing, which is the case more often than not.

Since we are bestowed with Free Will, it is always our choice whether to live from our mind or our heart... yet know that sooner or later it will become clear that there is no other way to achieve fulfilment, abundant joy, true love, harmony and balance but to follow the heart's choices. Then the best will surely be here, always, all ways, no matter what. To the analytic doubting of the mind, nothing will ever be "the best".

The simple things in life's moments are the ones that bring long lasting warmth to a grateful heart.


A Magia da Vida 2

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida quando...

... pedes um chá de frutos vermelhos para dois e te apresentam este apetitoso bouquet de cores e sabores.


segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

A Magia da Vida 1

Sabes que estás em sintonia com a magia da vida quando...

... decides ir a casa de propósito apanhar a roupa do estendal e passados uns meros 5 minutos começa a chover :)



domingo, 10 de janeiro de 2016

Estórias Doces

Estórias Doces


Sendo esta a minha primeira publicação de 2016, aproveito para desejar-te um ano pleno de novos potenciais, de mortes e renascimentos internos em que a cada instante te redescobres e permites que a graciosidade da vida te ensine a sua dança.
Hoje partilho contigo uma pequena estória que mais que enternecer o coração, ilustra de forma pura e simples que a generosidade multiplica a abundância de todos.
O meu filho Samuel, de 8 anos, havia recebido há instantes um chocolate da mão de um amigo e estava, como qualquer miúdo que gosta de chocolates, ansioso por comê-lo. “Não Samuel, agora não, só depois de almoço”, disse-lhe eu sorrindo. Nisto, a amiga com quem eu estava a conversar pediu-lhe em jeito de brincadeira o tão desejado chocolate, porque, dizia ela, também adorava chocolate. A criança não acedeu logo à primeira, vendo o seu manjar de sobremesa posto em risco, mas passado um pouco disse “toma, podes ficar com ele, eu tenho mais chocolates em casa.” A minha amiga sorriu e disse “muito obrigada! Não, fica tu com ele. Estava só a brincar contigo. Mas sabes, como foste generoso agora vais receber muitos mais chocolates, porque quando somos generosos somos sempre retribuídos em abundância.” O Samuel olhou para ela sem entender muito bem o que dizia, mas sorriu e ficou com o seu chocolate.
Passados uns cinco minutos, a mãe do menino que lhe tinha dado o chocolate chamou-me e deu-me um frasco de doce de limão, um presente para mim… e uma caixinha de chocolates para o Samuel. Imediatamente o chamei e mostrei-lhe a caixa de chocolates, rindo com a situação: “vês Samuel, recebeste mesmo mais chocolates! É assim que funciona a generosidade e a abundância.” Ele ficou radiante.

Mais tarde, quando a irmã lhe perguntou quem lhe tinha dado o chocolate… aquele primeiro que tinha recebido do seu amigo, ele disse-lhe que tinha sido a generosidade, que tinha sido uma senhora que lhe tinha falado da abundância. Ela não percebeu nada pois ele não se soube explicar, mas quando lhe expliquei, mais uma vez ele mostrou aquele sorriso pleno de quem se sente agraciado pela magia de ser generoso e ela ficou enternecida, sabendo no seu coração que é assim mesmo que a vida espalha a sua abundância. 

A foto é de um chocolate quente bebido pelo Samuel e pela mana pela tarde do mesmo dia de hoje :)