domingo, 5 de novembro de 2017

Money, Abundance... / Dinheiro, Abundância... / Part 5

Money, Abundance, Happiness and Freedom - Part 5

Dinheiro, Abundância, Felicidade e Libardade - Parte 5


The gates of the Garden of Abundance and their elusiveness – one more reason:

It may seem too simple to be true, but not allowing ourselves to receive is definitely a major road block towards the Flow of Abundance. There may be many reasons for us not to allow ourselves to receive, the most obvious of which is simply not knowing how to!

Let me explain what I’m getting at here.

Many of us are brought up in a manipulative environment where we are bribed into doing what others believe to be appropriate of us and thus we soon learn how to obtain recognition by receiving approval. This extra energy approval brings us feels good and we become approval junkies.

Nevertheless, in order to obtain maximum outer recognition we try harder and harder to play the game of seeming tough, gritty and indestructible. We cannot allow ourselves to receive help because if we do we cannot show our strength, our seemingly single-handed achievements.

So we develop the Warrior mode and in this way, though we are in fact seeking to receive approval, we seem not to be needing anything, therefore shutting down the doors of Abundance. We come to believe that life requires effort, struggle and suffering and we develop a rock hard carcass- to protect ourselves from exterior hardships, which we tend to encounter too very often, given the strength of our belief in battling for success. This carcass seems to protect us but it also shuts us down from the natural flow of life, from the ease and grace of each breath, from the simplicity of our core wisdom – from the boundless Abundance that we have inside, which can only connect with outside and attract its own mirror if there is no armour covering it up.

If we by chance allow ourselves to become vulnerable, that will be a lifesaver, breaching the carcass for our Light to flood our reality, connecting us to the infinite life force where energy is unlimited and giving love permission to thrive. Fight and Fear cannot subsist in the realm of Love and Cooperation, and the latter are the receptive principle in itself. How could Love, which is Abundance, not allow what it IS?

***

Os portões do Jardim da Abundância e a sua natureza invisível – mais uma razão:

Pode parecer demasiado simples para ser verdade, mas não nos permitirmos receber é definitivamente um obstáculo enorme ao Fluxo da Abundância. Pode haver muitas razões para que não nos permitamos receber, a mais óbvia das quais é simplesmente não sabermos como!

Deixa-me explicar o que quero dizer.

Muitos de nós somos criados num ambiente manipulador onde somos chantageados para fazermos o que os outros acreditam ser apropriado para nós e desta feita aprendemos a receber reconhecimento e aprovação. Esta energia extra trazida pela aprovação faz-nos sentir bem e tornamo-nos viciados em aprovação. No entanto, para podermos obter o máximo reconhecimento externo tentamos jogar o jogo de parecermos duros e indestrutíveis cada vez com mais afinco. Não podemos permitir-nos receber ajuda porque se o fizermos não podemos mostrar a nossa força, os nossos feitos que achamos ilusoriamente ter conseguido alcançar sozinhos.

Por isso desenvolvemos o modo de Guerreiro, e ainda que o que procuremos é aprovação, parecemos não precisar de nada, pelo que fechamos as portas da Abundância. Tendemos a acreditar que a vida requer esforço, luta e sofrimento e desenvolvemos uma couraça de pedra – para nos protegermos das dificuldades externas, que tendemos a encontrar demasiado frequentemente devido à nossa crença na batalha pelo o sucesso. Esta couraça parece proteger-nos mas também nos fecha ao fluxo natural da vida, fecha-nos à graciosidade da respiração, à simplicidade da nossa sabedoria interior – à Abundância infinita que temos dentro de nós, que apenas pode ligar-se ao mundo externo e atrair o seu próprio espelho se não tiver uma armadura a tapá-lo.

Se por acaso dermos permissão a nós mesmos para nos tornarmos vulneráveis, isso salvará a nossa vida, quebrando a couraça para que a nossa Luz possa espalhar-se pela nossa realidade, conectando-nos à infinita força de vida onde a energia é ilimitada e dando permissão ao Amor para vingar. O Medo e a Luta não podem subsistir no reino do Amor e Cooperação e estes últimos são o princípio recetivo em si mesmo. Como poderia o Amor, que é Abundância, não permitir-se ser o que já É?






Sem comentários:

Enviar um comentário